domingo, junho 29, 2008

"Isso [um soneto renascentista de Melière] é uma bobagem" - Soneto.

Quero uma mulher bonita
pra chamar de caramelo
melo melo melo melo
uma mulher bonita.

Jogo peteca na esquina
joga ela na esquina
jogue-a, joga logo a esquina
que lá é uma curva.

Uma, duastrês
em èsse
é você

mulher bonita, ê
caramelo
melo você.

10 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Leiam em voz alta, dando ritmo e tal, com certa velocidade.

    Essas são as condições ideais para a apreciação da poesia.

    ResponderExcluir
  3. Deculpa, mas esse "mulher bonita,ê" me fez rir de novo. É a parte que eu mais gostei no poema.

    No entanto, dei uma entonação supimpa à poesia.

    ResponderExcluir
  4. depois de ler em voz alta, dando ritmo e certa velocidade:

    "Jogo peteca na esquina
    joga ela na esquina
    jogue-a, joga logo a esquina"

    adorei ler essa parte em voz alta.

    ResponderExcluir
  5. fudeu, virou poeta xDD

    ResponderExcluir