terça-feira, agosto 23, 2005

Tempo: Horas, minutos e milênios.

Tic tac, o tempo passa, o tempo voa...

É, o tempo é um sujeitinho sacana. Mas daqueles sujeitinhos sacanas que todos são obrigados a aturar, porque não se vive sem ele!

Tá, o Tempo é fundamental, e não existiríamos sem ele. Mesmo assim, todos gostariam de poder brincar um pouquinho com o tempo, pará-lo, burlá-lo...

Não entendem (ou fingem não entender) que parar o tempo é parar com tudo. Parar a própria vida. E que tentar fugir de suas mudanças é tolice.

E tem aquele problema básico: o Tempo aponta para a morte. "Se você está vivo, pode ter certeza que morrerá", repete o Tempo, insistente. Memento mori, em latim ("Lembre-se que morrerá").

Enfim... O Tempo está passando enquanto eu escrevo, e passaria mesmo se eu não escrevesse. Aproveitem bem seus momentos, acho. Eles são momentâneos. Heh.

12 comentários:

  1. Hoje, li algo intrigante em um outdoor da citybank, a caminho da faculdade: "Pq as semanas demoram para passar e os anos passam rapidinho?"

    O pior de tudo é que a citybank tem razão.

    Eu odeio o tempo. Por mim, tinha 20 anos pro resto da vida xD

    ResponderExcluir
  2. Se nào fosse o tempo, você poderia até ter 20 anos, mas não teria vida.

    ResponderExcluir
  3. AEAE!!!!
    Meu tema!!!!!
    hahah
    gostei fiko bem lem....
    e sim... os momentos devem ser aproveitados ao maximo!!!!!

    entao eh isso...

    ABÇ!!

    ResponderExcluir
  4. O tempo como você explicita não existe , o que existe é apenas uma percepção em comum entre todos nós. Se a percepção de como as coisas se passam fossem diferentes quem sabe o que seria considerado um dia e o quanto poderiamos fazer nele. Porém cuidado , aproveite ao máximo mas com cautela. Use mas não abuse , desde que nascemos estamos morrendo mas você não tem um motivo pra acelerar esse processo ^^

    ResponderExcluir
  5. Palada, isso é uma corrente filosófica, não é teoria 100% aceita, e muita gente o defende como a Quarta Dimensão. Eu não, claro, e o considero apenas a percepção das mudanças ocorrendo. Com o "Tempo" parado, significa não haver mudanças, movimento...

    Mas enfim, por mais "inexistente que ele seja", é muito tátil. Bem tátil.

    ResponderExcluir
  6. Mahh (naum maira...)26 agosto, 2005 20:17

    Aewwwwwww!!!
    fala seriu, ki profundo oq c escreveu..mas (feliz ou infelizmente) eh verdade!!!
    bom..naum tenhu mto oq escreve..so q c eh mtooo fodamto genti boua..e acredito q a nossa mizadi vai longe!!!heheh

    bjuus

    ResponderExcluir
  7. O tempo foge de mim quando ponho alguma coisa no microondas, e isso me dá muita raiva porque eu vejo ele passando na minha frente e não posso fazer nada a respeito :(

    ResponderExcluir
  8. Discutir com, e sobre o tempo para mim é inútil. Enquanto eu falo isso, ele está passando e eu estou morrendo. Viu? Do mesmo jeito que 90% das discussões filosóficas que eu vejo, isso nunca vai ter fim. Todos veêm o tempo sob uma perspectiva diferente. E não vai ser qualquer um que vai conseguir definir com exatidão sobre o tempo.:|

    ResponderExcluir
  9. Oiii !!
    Putz, quarta dimensão...
    Tentei, mas não consegui entender nada disso!! =D ... =\
    Tchauu Bjuu

    ResponderExcluir
  10. dê tempo ao tempo, ryu, porque temporariamente teima o tempo tornar-se temporário! Mas o tempo é "intemporável"!

    ResponderExcluir
  11. é realmente inevitável.

    Mas se gasta o tempo, se torra o tempo, passa o tempo.

    Enfim, se vive.

    (continua afirmando q vc escreve mto)

    ResponderExcluir
  12. Tempo e Espaço são as medições dos processos contínuos de transformação(evolução)da matéria regidos pelas leis imateriais... Vide Cabala, principal objeto de estudo de Newton.

    E eu, estou perdendo tempo aqui neste post(e evoluindo, claro).

    ResponderExcluir