segunda-feira, setembro 05, 2005

Cegueira seletiva Pré-programada.

Post totalmente fútil, já deixo avisado.

Eu não vivo sem meus óculos.

Eu vejo tanta gente com grau altíssimo e que simplesmente não usa óculos quando não está em aula e similares. Poxa, eu nunca conseguiria viver sem meus óculos.

Eu me sentiria cego (e com razão).

Tá, talvez não seja um post tão fútil, afinal.

Eu queria escrever um pouco sobre como as pessoas sacrificam algumas coisas pela vaidade, como elas se contentam em deixar um sentido praticamente morto apenas porque acham óculos feios, por exemplo.

Claro que eu sou suspeito de falar sobre isso, porque eu, particularmente, acho óculos um tesão.

Mas voltemos aos sacrifícios. Vale a pena comer bem menos pra emagrecer? Vale a pena deixar de ser você só para não pagar mico na frente dos outros?

Eu nunca consegui me convencer desses extremos. Na verdade, nunca tentei mesmo.

Eu tento evitar ficar comendo muito por gulodice, mas não deixo de aproveitar um dos maiores prazeres da vida.

Eu tento me adaptar ao jeito das outras pessoas, pra não deixá-las muito desconfortáveis, mas nunca realmente ajo como uma pessoa que não sou.

E quanto ao óculos, bem, eu tiro só quando é estritamente necessário. Acho que por isso que é tão sujo u.u

Vocês se sacrificam por sua imagem?

11 comentários:

  1. nao. ainda bem que nao, mas eu me importo com ela sim.

    cury

    ResponderExcluir
  2. Minha imagem só é reflexo do que eu sou (dããã). E como eu faço as coisas sem querer ficar 'agradando' as pessoas, diríamos que minha imagem é meio borrada, mas eu fico feliz porque ela é a MINHA imagem.

    ResponderExcluir
  3. Minha imagem é TOTALMENTE borrada. Tanto que sempre dou blur quando eu faço minhas obrinhas de arte com minhas fotos, no photoshop.

    Claro que é um egocentrismo tremendo.

    ResponderExcluir
  4. NAO! Na verdade nao foi um topico futil.... nem um pouco....

    SIM! Seus óculos sao mtu sujos...hahah.... mas nao vem ao caso...

    TALVEZ! Eu me preocupe com a minha imagem...eu tento nao fazer isso, mas vivemos nun mundo de aparencias, mesmo assim nao vou deixar de viver minha vida pra isso! Eu como pra caralho(comentario dispensavel!)...Eu gostaria d me importar menos com o q as pessoas acham de mim....Entao eu ou tentar!....

    Gostei do post.... me identifiquei com ele.... bem legal!

    RYU
    Um abraçao!

    ResponderExcluir
  5. Não. Percebi faz muito tempo que o caminho mais curto para a felicidade é ignorar o que os outros pensam.

    ResponderExcluir
  6. Nhaew primo!
    Esse MSN é uma bosta!
    Poha, óculos são importantérrimos!
    Eu uso o tempo todo! Nas aulas!
    Fora eu não preciso! =P
    E se fica gatão de óculos, não esquenta!
    E sim, as pessoas mudam quando estão perto de outras peesssoasss!
    Nhá...
    Blog interessante...
    Ty amu primuuuuuu!
    BeIjOsSsS2!!!!!!!

    ResponderExcluir
  7. Eu queria ser branco, mas como as pessoas iriam estranhar um Kafé assim, eu nem esquento.

    Kafé

    ResponderExcluir
  8. Que sacrilégio, café.

    VOc6e perderia toda a graça se tivesse pele branquinha.

    ResponderExcluir
  9. Oii
    Pow Ryu, vc de óculos ... ui muito sexy! auhHUAH
    Acho que eu sou sempre eu O.o' ... menos quando tô com sono ¬¬'
    E meu ... tô com medo to teu cabelo!! MUITO medo! O_O huahauh

    Tchauu Bjuu

    ResponderExcluir
  10. Hoje o que importa é a aparência e não a essência. Ainda bem que essa máxima não funciona comigo , mas tenho amigos que vivem essa frase. Acho uma pena , não ser autêntico acaba por afastar aqueles que são sinceros.

    ResponderExcluir
  11. É preciso fazer um sacrifício para mudarmos pelos outros, sim, e é necessário... Mas internamente, mudanças focalizadas no exterior não contam, só enganam, muitas vezes disfarçam, mas é o interior que cativa, unifica. E logo vemos que o interior exterioriza suas essências de modo que plástica alguma fará um mal-humorado ser feliz, ou alguem feliz ser convencido de que precisa de plástica alguma.

    Nós criamos nossa realidade, e ela vem de dentro, mudar o que está fora é desperdiçar energias no vazio.

    ResponderExcluir